Anderson Silva quase teve a perna amputada, diz médico

A lesão de Anderson Silva poderia ter sido muito pior. Segundo o médico Steven Sanders, que operou o brasileiro, o Spider se livrou por pouco de ter a perna amputada depois de quebrar os ossos da canela.

“Se a pele tivesse se rompido ali no octógono, aumentariam as chances de infecção e poderia ter interrompido a circulação de sangue ao pé, podendo até ocasionar uma amputação.”

“No caso do Anderson, o problema real ali no momento era que, como a pele não se rompeu, ela ficou segurando a perna dele junta e, quando isso acontece, você acaba tento um estresse muito grande nos músculos e nos tecidos da região. Além disso, sua perna, após a fratura, se movimentou de uma forma que a artéria não foi atingida.”

“Foi uma lesão bastante severa, mas poderia ter sido pior. Se isso tivesse acontecido, poderia gerar um problema vascular muito grave, que poderia terminar em uma amputação.”

A imagem foi muito forte, mas ainda bem que o nosso campeão conseguiu se sair bem dessa. O mesmo médico, na mesma entrevista, disse que ele já quer saber se poderá treinar daqui a seis meses. Ou seja, pelo menos mais uma luta ele vai fazer.

E assim os brasileiros esperam que seja mesmo. Se for pra se aposentar, que seja depois de bater Weidman ou Belfort e com o cinturão novamente nas mãos. Ach0 que esse é o fim de carreira merecido para Anderson depois de passar por tudo o que ele está passando.

E você, acha que ele ainda fará mais uma disputa de cinturão?

Clique aqui e veja o momento em que Anderson Silva quebra a canela



Redação do Torcedores.com