Tite diz que não é amigo de Mano e fala sobre maus profissionais

Divulgação

Não é segredo para ninguém que Mano Menezes negociou com o Corinthians enquanto Tite ainda estava empregado. Foi notícia em todos os veículos de comunicação que a diretoria do clube acertou com Mano antes de demitir o técnico campeão do mundo.

E essa negociação parece não ter agradado muito a Tite, que é considerado no mundo do futebol como um cara ético e respeitador. Em entrevista dada a TV Bandeirantes, ele falou que entende que esse tipo de situação existe no futebol. Mas fez questão de falar que a relação com Mano não é de amizade.

“Eu tenho um bom relacionamento com o Mano. Amizade eu tenho com o Mancini e o Dorival, porque jogamos juntos, com o Abel pela passagem no Inter e o Parreira, com quem tenho contato maior.”

Tite ainda falou sobre maus profissionais, mas deixou claro que não estava se referindo especificamente a Mano.

“Existem bons e maus profissionais em todas as áreas e, quando estamos empregados, têm outros técnicos que ficam ligando. Nós sabemos, vocês sabem e os diretores sabem. Isso existe, mas não estou relacionando com este caso especificamente.”

Parece que ficou um clima estranho entre os dois treinadores. Mas como Tite agora parece estar mais preocupado com as férias do que com o futebol, não demora muito até que ele esteja do outro lado e tenha de negociar seu retorno aos gramados no lugar de outro companheiro de profissão.

Acho que o Corinthians já sabia há muito tempo que não ficaria com o Tite. No momento em que tomou essa decisão, a diretoria estava no direito dela de procurar outro treinador, mesmo sem demitir Tite. Até porque, seria estranho e desrespeitoso demitir o treinador, campeão mundial, faltando cinco jogos pro fim do Brasileirão, não é verdade?

A diretoria corintiana só fez isso pensando em adiantar o planejamento do próximo ano. Mano se apresenta dia 10 de dezembro, mas já está trabalhando pelo clube indicando jogadores, entre outras coisas.



Redação do Torcedores.com