Time grande não cai. O tapetão não deixa, infelizmente

A Portuguesa pode até ter cometido um erro primário ao escalar o jogador Héverton na última rodada após o STJD ter aplicado uma suspensão de dois jogos (ele cumpriu um, via suspensão automática) pela expulsão contra o Bahia. Mas é fato que isso é fruto de uma devassa feita sob medida para salvar o Fluminense do rebaixamento. Sabe aquela velha frase “time grande não cai”? Então, é verdade, o tapetão não deixa.

O Fluminense é de longe o time mais vergonhoso do Brasil quando o assunto é tapetão. Rebaixado em 1996, se beneficiou de um escândalo para permanecer na Série A no ano seguinte. Fez uma campanha tão ridícula quanto a anterior e caiu de novo. A coisa ficou tão feia que a CBF não conseguiu segurar e o Tricolor carioca disputou a segundona em 1998. A fase era tão ruim que veio o rebaixamento para a terceira divisão. “Não tem a menor condição de jogar a Série C, o Fluminense não vai jogar”, disse um dirigente à época, demonstrando como o time carioca vê as regras de acesso e descenso.

Não deu e o Flu foi obrigado a disputar a terceirona. Foi campeão no primeiro ano da parceria com a Unimed e conseguiu o acesso à Série B de 2000. Veio a Copa João Havelange, inventada pelo Clube dos 13 para salvar o Campeonato Brasileiro daquele ano, impedido de ser realizado pela CBF por causa de uma ação do Gama na Justiça Comum. Cabe aqui abrir um parêntese: tudo porque o Botafogo ganhou os pontos do São Paulo pela escalação irregular do “gato” Sandro Hiroshi e conseguiu se salvar do rebaixamento, mandando o time de Brasília para a segundona.

O Clube dos 13 colocou o Fluminense na elite de sua Copa João Havelange. Na volta do Brasileirão, em 2001, a CBF usou o módulo Azul da competição do ano anterior como base para a Série A, mais os times que tinham caído em 1999. O Flu acabou alçado de vez à primeira divisão sem passar pela Série B. 14 anos depois de ganhar a Série C, o time carioca caiu para a B novamente. E claro, não vão deixá-lo ser rebaixado de novo.

Time grande não cai, principalmente se o tapetão não quiser.



Redação do Torcedores.com