Melhor Fla x Flu de 2013 aconteceu no tribunal do STJD

STJD
Reprodução

Para minha tristeza e de muitos torcedores brasileiros, sim, a Lusa caiu e o Fluminense subiu. Nada mudou no julgamento desta sexta no pleno do STJD. Mas digo com certeza que o melhor Fla x Flu de 2013 aconteceu no embate entre os dois clubes no tribunal.

Você provavelmente nunca ouviu falar do craque Mário Bittencourt. Mas ele, com certeza, foi o melhor jogador do Fluminense em 2013. Foi ele que segurou o time na Série A, usando os mecanismos legais para isso. Admito, o nobre advogado marcou um golaço no julgamento no pleno do STJD nesta sexta, mais uma vez. Ele sim é que deve estar na lista de contratações de grandes clubes para o ano que vem, já que, sozinho, marcou pelo menos 4 pontos para o Fluminense.

Eu estava tão curioso pra saber o que ia rolar no julgamento, pra ver se a Lusa ia permanecer na primeira divisão e o Flu cair, que assisti pela Sportv a todos os depoimentos das partes envolvidas.

Primeiro, foi João Zanforlin, advogado do Corinthians que está representando a Lusa nesta causa. Ele falou sobre questões de moral e mudou completamente o teatro que havia feito no primeiro julgamento. Deu umas viajadas sim, mas esse é o estilo dele.

Depois, o procurador do STJD, Paulo Schmitt, foi bem direto na acusação. Falou que a imprensa já havia absolvido a Portuguesa e disse que se o beneficiado fosse a Ponte Preta e não o Fluminense ninguém estaria fazendo barulho. Portanto, deveria ser cumprida a Lei.

Na sequencia, entrou em campo o camisa 10 do Fluminense. O Dr. Mário Bittencourt falou muito claramente sobre todos os artigos que estão na Lei e preveem a perda dos pontos de Portuguesa e Flamengo por terem escalado jogadores suspensos. Suspensos segundo o Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que é o que se sobrepõe a todos os outros dispositivos, incluindo o Estatuto do Torcedor.

Ele citou até o livro O Pequeno Príncipe para falar que a Lei deve ser cumprida. Já havia sido o destaque no primeiro julgamento e repetiu a dose hoje. Enfim, foi o melhor do dia.

Michel Assef Filho, defensor do Flamengo, tomou o lugar na sequencia. Também foi excelente. Ficou calmo e foi direto. Usou a lógica para dizer que os clubes julgados às sextas (caso de Fla e Lusa) são prejudicados, porque não têm tempo para se defender. Se a suspensão já começar a valer no sábado (como acontece), os clubes não podem nem tentar um efeito suspensivo. Também foi muito bem.

Nesse fim de ano parado no futebol, sem grandes emoções dentro e fora de campo, foi estranho mas muito interessante ver um embate de ideias totalmente opostas entre Flamengo e Fluminense. Com certeza, o melhor clássico do ano aconteceu no STJD.



Redação do Torcedores.com