Humilhado pelos EUA, Brasil leva goleada e cruza os braços

A seleção brasileira sub-15 tomou uma atitude bastante estranha no final do jogo contra os EUA, na Copa Nike Friendlies. Perdendo por 4 a 1, na casa do adversário, e com dois jogadores a menos, os atletas do Brasil simplesmente cruzaram os braços e pararam de jogar aos 42 minutos do segundo tempo.

A seleção americana não se mexeu para tentar ampliar o placar. Apenas trocou passes no campo de defesa e esperou pelo apito final. Nenhum jogador do Brasil comentou o episódio, mas o técnico Alexandre Gallo preferiu analisar a situação como normal:

“O resultado já estava definido, por isso o time não foi buscar nos minutos finais. Vi a situação como normal.”

Pois bem, se ele achou normal, eu achei bizarro. Veja abaixo os jogadores de braços cruzados no fim da partida:

 



Redação do Torcedores.com