Escalação de jogador irregular pode rebaixar Lusa e salvar Flu

Com os dois pés na segunda divisão do Campeonato Brasileiro, o Fluminense ainda sonha com a possibilidade de permanecer na primeira divisão do nacional. Para isso, o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) vai analisar uma suposta escalação de jogador irregular por parte da Portuguesa, no empate contra o Grêmio, em 0 a 0.

Aos 32 minutos da segunda etapa, o técnico Guto Ferreira colocou Heverton para reforçar o setor ofensivo da equipe paulista. O que poucos sabem é que o meio-campista estava cumprindo suspensão, já que foi expulso diante do Bahia e pegou um gancho de dois jogos, tendo cumprido o primeiro contra a Ponte Preta.

Ainda nesta quarta-feira (11), o STJD averiguará o caso. Se for considerada culpada pela escalação do atleta, a Portuguesa perderá quatro pontos (um referente ao empate e três à punição) na tabela de classificação. Com esta baixa, a Lusa cairia para a 17ª colocação e, consequentemente, tiraria o Flu da degola.

Fora o Tricolor carioca, que ainda sonha com uma reviravolta no caso, o Náutico, a Ponte Preta e o Vasco da Gama são equipes certas para reforçar a segundona. Em contrapartida, o Palmeiras, a Chapecoense, o Sport e o Figueirense garantiram o acesso à elite do futebol brasileiro.



Paulistano e apaixonado por esportes