Com salário de R$ 500 mil, Lúcio diz que foi humilhado no São Paulo

O zagueiro Lúcio chegou ao São Paulo no fim do ano passado para comandar a defesa tricolor, ao lado de Rogério Ceni. Com salário de R$ 500 mil, passou apenas 6 meses jogando. Os outros 6 ele passou afastado, treinando separado do grupo, em horários alternativos.

Em entrevista para a TV Globo, Lúcio disse que se sentiu humilhado com o jeito como foi tratado no clube do Morumbi. Um ato de indisciplina teria causado seu afastamento, em julho. De lá pra cá, nem a chegada de Muricy aliviou a ‘pena’ que teve que cumprir. Juvenal Juvêncio já declarou que faz quase qualquer negócio para se livrar do zagueiro.

O Palmeiras surgiu como interessado, e ainda pode ser o destino de Lúcio. Mas o salário ainda é um problema.

Muricy também deu mostras de que jamais utilizará o xerife em seu time. Tanto é que o treinador teria pedido para a diretoria a contratação de Edu Dracena, do Santos, para assumir a liderança da zaga.

Os tempos estão ruins para Lúcio, se é que se pode chamar de ruim um ano em que ele ganhou meio milhão de reais por mês. Claro que ele quer jogar e talvez até merecesse uma chance, mas que ele já não é nem sombra do zagueiro que foi, isso é verdade.

Gostaria de vê-lo na zaga do Palmeiras no ano que vem, ao lado do Henrique. Quer ver do que é capaz. E você, acredita que ele ainda pode dar a volta por cima?



Redação do Torcedores.com