Cruzeiro está de parabéns pelo tricampeonato. É o melhor!

Após um ano de 2012 abaixo do esperado, a diretoria do Cruzeiro se mexeu, contratou diversos jogadores e montou um elenco extremamente qualificado. Muitos ficaram desanimados com a perda de Montillo para o Santos, mas bastou o início do Campeonato Brasileiro para as desconfianças ficarem em segundo plano.

Com Éverton Ribeiro voando baixo, muitos torcedores chegaram até mesmo a “esquecer” o argentino. Dono de um futebol inteligente e envolvente, o meio-campista foi o cara do time celeste na competição. Fora ele, muitos outros atletas se destacaram individualmente, mas o força do elenco foi o principal fator para a conquista do tricampeonato.

Hoje, o Cruzeiro é o time no Brasil que possui maior qualidade no banco de reservas, fato que merece destaque ao presidente Gilvan de Pinho Tavares. Mesmo sem alguns dos seus principais jogadores em diversas partidas, as opções para substituição fizeram com que o time comandado por Marcelo Oliveira não perdesse em qualidade.

Não podemos deixar de destacar o papel do treinador. Ele chegou contestado à Toca da Raposa. Agora, um ano após a contratação, com certeza é unanimidade entre os cruzeirenses. Além de conseguir explorar ao máximo de cada atleta, o técnico conseguiu o principal e, talvez, uma das coisas mais difíceis no futebol: manter a união do grupo.

Se conseguir preservar o elenco para a próxima temporada e trazer alguns reforços pontuais, o Cruzeiro tem tudo para entrar com grande favoritismo em todas as competições em 2014. Não apenas o time celeste, mas o Atlético-MG também.

O futebol mineiro está de parabéns! E que 2013 sirva de exemplo para as demais equipes do futebol brasileiro. A reformulação é importante, é necessária, desde que seja feita de forma coerente, sempre visando os pontos de carência do elenco.



Paulistano e apaixonado por esportes