Sonnen responde e diz que toparia briga de rua com Wand

Uma cena chamou a atenção dos amantes do UFC no dia 28 de setembro. Enquanto acompanhava evento de fisiculturismo, em Las Vegas, o norte-americano Chael Sonnen foi surpreendido por Wanderlei Silva.

Muito incomodado com algumas declarações do arquirrival nos últimos tempos, o brasileiro resolveu tirar satisfação durante o concurso. Em tom agressivo, Wand pronunciou palavras de forma hostil e chegou a apontar o dedo na cara do adversário, mas os seguranças presentes no local apartaram a dupla.

Após ficar por um tempo calado, Sonnen falou sobre o assunto em entrevista ao site “Sherdog”. Segundo o americano, Wanderlei Silva seria derrubado caso encostasse o dedo em sua cara.

– Eu não gosto de briga de rua. Eu não gostaria de ouvir sobre isso. Não é profissional e não estou defendendo nada disso. No entanto, não vou deixar um cara chegar perto de mim a uma distância de um braço. Wanderlei, se seu dedo me tocasse, eu o derrubaria ali mesmo. Eu não teria escolha. Devo me defender.

Não satisfeito, o ex-desafeto de Anderson Silva ainda disse que o lutador brasileiro armou a cena para aparecer na mídia, já que está sem luta marcada. Então, para ele, Wand fez aquilo apenas para autopromoção.

Ao contrário do “Cachorro Louco”, Sonnen tem luta agendada para o UFC 167, no dia 16 de novembro, em Las Vegas. Na data estipulada, ele vai enfrentar o compatriota Rashad Evans, que vem de vitória contra Dan Henderson.



Paulistano e apaixonado por esportes