Oscar critica “caloteiros da NBA” e Nenê responde a ídolo

Ídolo do basquete brasileiro, Oscar Schmidt marcou presença no primeiro jogo da NBA no Brasil e aproveitou para cornetar os compatriotas Leandrinho e Nenê, vaiados pelo público, pelo pedido de dispensa da dupla da Copa América.

“O povo entende tudo, não precisa falar nada. Nada. Especificamente Leandrinho e Nenê. Tiago tem todo direito de pedir um tempo de descanso. Está até machucado. O Anderson também, porque já fez m… no passado, mas agora é um menino decente. Agora, Leandrinho e Nenê, de novo, deram um calote no país”, afirmou.

Ao saber das críticas de Oscar, Nenê respondeu as declarações do “Mão Santa” e argumentou que não cometeu nenhum crime ao recusar a convocação para a seleção.

“Eu não preciso me defender de nada. Não bati, não roubei e não matei ninguém. Apesar das vaias, ainda existe muita gente que me olham e me veem como exemplo. Infelizmente muitas pessoas falam sem discernimento de causa e talvez por isso nosso basquete, de tantas glórias, ídolos e conquistas, não vai para frente como deveria. O mais importante é o que represento para os meus companheiros de time, meus amigos e para meu país. Fico feliz e orgulhoso por ter feito coisas essa semana que impactou positivamente na vida de muitas crianças. Isso é o que me importa “, rebateu.



Queria ser atleta, não rolou, então virei palpiteira!