Neymar “deixou” o Brasil para conquistar o mundo

O que Neymar vem jogando é brincadeira. Após liderar o Barcelona na vitória sobre o Celtic, por 1 a 0, pela Liga dos Campeões, o atacante foi o principal destaque da equipe espanhola na goleada contra o Real Sociedad, por 4 a 1, em confronto válido pelo Campeonato Espanhol.

Em duas partidas, o atacante brasileiro marcou gol, deu assistência e ainda proporcionou a expulsão de um rival. Com a ausência de Lionel Messi, Neymar virou a principal referência ofensiva da equipe mais badalada do futebol mundial.

Não estou dizendo que o argentino não fez falta. Qualquer time depende do melhor jogador do mundo, mas o camisa 11 começa a reduzir a “Messi dependência”.

Outro fator que vem chamando a atenção em Neymar é a humildade. Mesmo voando em campo, o atacante mantém a calma e sempre ressalta o nível técnico de seus companheiros.

Esses fatores unidos fazem com que o jogador da seleção brasileira comece a conquistar a Espanha. Fora os inúmeros elogios de Tata Martino, do elenco do Barça e dos adversários, o jogador também caiu nas graças da imprensa espanhola.

E as comparações com Bale vão ficando para trás. Enquanto um disputou 12 partidas oficiais, marcou três gols e deu seis passes para gol, o outro esteve em campo em apenas três oportunidades, marcando um tento e sofrendo com lesões musculares.

Se Neymar conseguir manter a ascensão, a Copa do Mundo de 2014 pode servir de palanque para o atleta conquistar o prêmio de melhor jogador do mundo, que hoje pertence a Messi.

Para isso, o Brasil precisaria conquistar a competição. Não é de hoje que o principal jogador da seleção campeã conquista o tão cobiçado prêmio. Ronaldo, Romário e Fabio Cannavaro são grandes exemplos.

Agora, cabe aos brasileiros torcerem para Neymar seguir em alta. Além de sua grande importância para o Barcelona, o jogador é a principal arma da “canarinha” na busca pelo hexacampeonato.

AVANTI, NEYMAR!



Paulistano e apaixonado por esportes