Diego Costa explica decisão por defender a seleção espanhola

Um dia após a divulgação do desejo de Diego Costa em defender a Espanha, Diego Costa concedeu entrevista ao site oficial do Atlético de Madrid. Nela, o atacante disse que optou pelo correto, que não seria deixar de lado o país que proporcionou tudo em sua carreira.

– Repensei, e o correto seria jogar na Espanha. Foi onde consegui tudo. O que consegui na minha vida foi neste país, pelo qual tenho um carinho especial.

Apesar de preferir atuar pela seleção espanhola, o artilheiro do Campeonato Espanhol não escondeu a dificuldade na hora da tomar a decisão.

– Foi uma decisão bastante complicada porque estive entre o país no qual nasci e o país que me deu tudo. Pensei e decidi jogar pela Espanha. Alcancei todos os meus objetivos e tive um crescimento em minha vida pessoal.

Mesmo assim, Diego Costa não escondeu o carinho pelo Brasil, e pediu para a população não ver a opção de atuar pela Espanha de forma negativa, afinal, foi lá que ele “surgiu” no esporte.

– Quero que as pessoas entendam que em momento nenhum eu renunciei ao Brasil. Não vejo assim. Simplesmente eu me sinto valorizado aqui. Tudo o que eu sou eu devo ao país. Foi uma decisão muito pensada, mas não foi uma renúncia. Tenho familiares no Brasil, onde nasci e onde viverei quando encerrar a minha carreira.

Agora, o atacante já começa a se concentrar para a próxima rodada do Campeonato Espanhol. Nesta quinta-feira (31), o Atlético de Madrid enfrenta o Granada, às 17h (horário de Brasília), no estádio Nuevo Los Cármenes.



Paulistano e apaixonado por esportes