Após mais de dois anos, Nadal retoma o topo do ranking da ATP

A partir de segunda-feira (7), Rafael Nadal retomará o posto de melhor tenista do mundo na atualidade. Para isso, o espanhol precisou vencer Tomas Berdych, em confronto que contou com a desistência do tcheco ainda no primeiro set, e avançar à final do ATP 500 de Beijing.

Do outro lado da chave do torneio, Novak Djokovic venceu Richard Gasquet por dois sets a zero, com parciais de 6/4, 6/2, e disputará a final contra o espanhol na madrugada de sábado para domingo.

Independente do resultado da finalíssima, Rafa já tem assegurado o primeiro lugar no ranking da ATP. Então, o sérvio passará a ser o segundo colocado após liderar a “corrida” por pontos nos últimos dois anos e três meses.

Essa será a trigésima oitava partida entre os rivais na história. Até o momento, Rafael Nadal lidera com 22 vitórias, contra 15 do rival. No ano, eles se enfrentarão pela quinta vez, sendo que o espanhol venceu três dos quatro confrontos.

Apesar do ligeiro favoritismo do novo número 1, não seria surpresa se presenciássemos uma vitória de Djokovic, que ainda tem chance de ultrapassar Nadal na temporada.

Pra você, quem vence o duelo em Bejing? Opine!



Paulistano e apaixonado por esportes