Valdivia diz que machuca ser chamado de ‘chinelinho’

Valdivia

O chileno Valdivia é o grande nome do Palmeiras no retorno da Sério B após a parada para a Copa das Confederações. O meia que ficou o longo tempo fora do gramado afirmou que “machuca ser chamado de chinelinho”.

“Minha dívida é não jogar tudo o que eu queria jogar. O primeiro a se cobrar sou eu. Acho que as pessoas pensam que o jogador gosta de ficar no departamento médico, que pede para os médicos falarem que está machucado. Quando você está lesionado você trabalha todos os dias, chega 9h e vai embora só 19h. Dá muito mais trabalho. Quando os outros estão de folga, você tem de vir ao CT aos sábados e aos domingos. Falar que é chinelinho, dar “migué”… Isso machuca”, afirma ao Esporte Espetacular.

Valdivia, que recentemente ganhou visto permanente para ficar no país, diz que agora vê o Palmeiras no rumo certo.

“O que dá confiança é a vitória. Mas hoje vejo o Palmeiras no caminho certo. Desde a presidência até a rouparia. Antes era muita informação que saia daqui de dentro, que vazava. Hoje não tem mais isso”, relatou.



Redação do Torcedores.com