Tito Vilanova agradece o apoio do ‘melhor time do mundo’ em carta

O Barcelona sofreu um duro golpe neste início de temporada. O treinador Tito Vilanova deixou o comando da equipe após ter uma recaída do câncer na glândula paródita. O próprio técnico comunicou os jogadores na semana passada e foi impossível esconder o clima triste que tomou conta do elenco.

Neste domingo, Vilanova divulgou uma nota a imprensa espanhola, agradeceu o Barcelona e desejou sorte ao novo treinador do ‘melhor time do mundo’.

Confira a carta na íntegra:

Depois de cinco anos maravilhosos fazendo parte de uma de uma equipe que faz parte dos sonhos de qualquer treinador, chegou o momento de realizar uma mudança em minha vida profissional para dedicar forças e energias para continuar o tratamento da doença que fui diagnosticado há um ano e meio.

O tratamento que devo seguir a partir de agora não recomendam, segundo a opinião dos médicos, que possa me dedicar 100% ao trabalho de um primeiro treinador de uma equipe com a exigência do FC Barcelona. Porém, continuarei muito perto e seguirei trabalhando por este clube que tanto amo em outras tarefas da área esportiva.

Não é fácil deixar esse grupo de pessoas tão especiais, os jogadores, os companheiros da comissão técnica e amigos com os quais eu compartilhei tantas situações inesquecíveis. Sou eternamente grato por tudo o que me deram e tudo que demonstraram. A qualidade humana e futebolística desta equipe está acima de qualquer obstáculo e estou convencido de que com toda a sua capacidade atingirá novos objetivos desportivos em uma temporada que deverá ser mágica para todos.

Quero agradecer especialmente ao presidente, a toda a junta diretora e ao diretor esportivo, Andoni Zubizarreta, toda a confiança que depositaram em mim. Sobre tudo, o apoio incondicional tanto na parte esportiva como na pessoal. Igualmente importante é o apoio médico e humano do doutor Ramon Canal e de sua equipe médica, que está ao meu lado. Sei que não jogo essa partida sozinho, que faço parte de um clube solidário que me ajudará a sair mais para frente desse largo processo.

Para todos vocês, sócios e torcedores do clube, também quero agradecer sinceramente a manifestação de apoio e carinho que me foram enviadas, não apenas agora, mas ao longo dos últimos meses. Diga-lhes que eu sou calmo, forte e eu encaro esta nova etapa no meu processo da doença, com plena confiança de que tudo ficará bem.

Muito obrigado também a todos os fãs de futebol, colegas de profissão, clubes, atletas e conhecidos e anônimos por suas mensagens de incentivo, que estão sendo tão reconfortantes para mim e para a minha família.

Estes são tempos difíceis para minha família e então eu peço respeito e compreensão da mídia. Agora que não sou mais o treinador do Barcelona espero ter a paz e a privacidade que eu e minha família precisamos neste momento.

Não posso terminar esta carta sem desejar boa sorte e todo o sucesso para o novo treinador do melhor time do mundo.

Muito obrigado a todos.

Tito Vilanova



Redação do Torcedores.com