Ney balança e Muricy diz que fecha com o Tricolor em “dois minutos”

O cargo de Ney Franco ficou ameaçado após a derrota do São Paulo para o Corinthians por 2 a 1 no primeiro jogo da final da Recopa. A diretoria tricolor se reuniu, mas disse que ainda não vai se pronunciar sobre a situação do treinador.

O preferido da torcida são-paulina para assumir o time é Muricy Ramalho, desempregado desde que foi demitido do Santos. O nome do técnico foi gritado pelos torcedores durante o duelo da última quarta-feira.

Identificado com o São Paulo, Muricy parece que vê com bons olhos uma volta ao Morumbi e disse que poderia concluir a negociação em “dois minutos”.

“É dois minutos. Não tem reunião, é tudo simples. No primeiro contrato, foi na casa dele e fechei em cinco minutos. Quer tanto? É tanto. É difícil falar assim, tem um treinador lá, você me conhece, é difícil opinar sobre clubes que estão com problemas. Você vai me desculpar, mas é difícil. Não dá para falar mesmo”, afirmou em entrevista ao “Papo com Benja”, do Lancenet!, nesta quinta-feira.



Redação do Torcedores.com