Bruno Senna diz que voltaria para F1 “só se valesse muito à pena”

O piloto Bruno Senna esteve na tarde desta terça-feira (17) em um evento de um patrocinador em São Paulo, para divulgar uma nova linha de produtos voltados para o automobilismo, além de um animado bate-papo.

Em conversa com o “Moda de Bola”, o piloto falou sobre o desejo de voltar para a Fórmula 1, o assédio das maria-gasolina e ainda revelou segredos sobre a sua vaidade.

De acordo com Bruno, que atualmente disputa o Mundial de Endurance, prova de velocidade em carros de turismo, o retorno a Fórmula 1 só aconteceria se fosse uma proposta muito boa, que valesse muito a pena. “Para valer voltar para a Fórmula 1 tem que ser uma oportunidade muito boa, em uma equipe que me dê chances de ter bons resultados, nos pontos e tudo mais. Mas, por enquanto estou contente onde estou (Endurance) e se Deus quiser poder traçar uma boa e longa carreira aqui”, explicou.

Sobre o assédio das mulheres, o belo disse que acha normal que as meninas fiquem mais animadinhas, já que é uma pessoa pública. “Depois que você aparece na televisão, em geral você acaba recebendo maior assédio da mulherada”, revelou aos risos.

Bruno também falou que se considera um homem vaidoso, mas que faz a linha mais despojada e não abre mão do jeans e da camiseta básica. “Não sou a pessoa mais vaidosa do mundo, mas obviamente sendo uma pessoa pública você tem que se cuidar e tem que aparecer bem e ter uma imagem boa”, finalizou.

Leia mais no Moda de Bola!



Redação do Torcedores.com